27 Jan 2010

Minotauro

Byafra e Chris Herrmann


No meio do palavrório,

procuro a frase que me conduza à saída do labirinto.

O labirinto me sinaliza umas poucas palavras.

Poucas palavras não minimizam a poesia.

Abrem portas. Levitam lá fora.


No meio densa, imensa.


A melhor palavra é a que me conduz ao silêncio,

é a que arrebata a poesia antes da busca.

É a que traça um labirinto de mim mesmo.

É a que me indica ser esta a saída,

meio gente, meio tudo.


Meio do caminho.

Post a Comment