2 Jun 2009

Jack Kerouac e o Haicai Americano

por Chris Herrmann


Jack Kerouac (12.03.1922 - 21.10.1969) foi um romancista americano, escritor, poeta e artista de Lowell, Massachusetts. Juntamente com William S. Burroughs e Allen Ginsberg, ele está entre os mais conhecidos escritores (e amigos) da chamada "Geração Beat".


O trabalho de Kerouac foi muito popular em sua época, mas também causou polêmica. Recebeu poucos elogios da "crítica especializada" durante a vida. O grande reconhecimento veio após a sua morte. Hoje, ele é considerado um importante e influente escritor que inspirou vários outros, incluindo Tom Robbins, Lester Bangs, Richard Brautigan, Johnny Knoxville, Ken Kesey, e escritores do Novo Jornalismo. Kerouac também influenciou músicos como The Beatles, Ben Gibbard, Bob Dylan, Tom Waits, Simon & Garfunkel, Ulf Lundell e Jim Morrison. Os livros mais conhecidos de Kerouac são "On the Road" (consagrado mais tarde como a "bíblia hippie"), "The Darma Bums", Big Sur" e "Visions of Cody".






"O haicai americano não é exatamente como o haicai japonês. O haicai japonês é rigorosamente disciplinado em dezessete sílabas. Porém, uma vez que a estrutura da línguagem é diferente, não creio que os haicais americanos devam preocupar-se com sílabas porque o discurso americano está em constante renovação... expandindo-se no inguajar popular.


Acima de tudo, um Haicai deve ser muito simples e livre de maiores estratagemas poéticos, formar uma imagem e ainda ser arejado e gracioso como uma Pastorella de Vivaldi". (tradução de Chris Herrmann)


Jack Kerouac - 1922-1969


.
Post a Comment