14 Jun 2009

Haicais "rebeldes"

Chris Herrmann


Muita gente ainda se pergunta o que significa "Haicai", também conhecido como "Haikai" no Brasil e "Haiku" no Japão e na maioria dos países do mundo.


Haicai é um poema com 3 pequenos versos, de origem japonesa. Chegou ao Brasil no início do século 20 e hoje conta com muitos simpatizantes, praticantes e estudiosos por todo o país. No transplante para outros países, como para o Brasil, o haicai sofre alterações em suas regras básicas, seja na tentativa de adaptá-lo à estrutura das línguas (como no "american haiku"), ao espírito social da época ou à sede de inovação, nem sempre bem visto ou aceito por parte de seus adeptos.


As quatro regras básicas do haicai clássico japonês são:

  • poema de 17 sílabas japonesas, em três versos de 5, 7 e 5 sílabas
  • contém alguma referência à natureza (diferente da humana)
  • refere-se a um evento particular (não é uma generalização)
  • apresenta o evento como "acontecendo agora", e não no passado.

Há também outras sutilezas típicas do haicai original, como colocar-se como observador do evento e não parte dele. Trazer em seu último verso algo a surpreender o leitor. Escrever com simplicidade, mas trazer reflexão.


Entretanto, há várias correntes de haicaístas pelo mundo que variam entre os que não aceitam a tese de que as línguas ocidentais são muito diferentes do japonês e, por isso, cabe mudanças/adaptações; os que aceitam apenas pequenas adaptações e os que, gradualmente, são flexíveis a releituras contemporâneas deste poema conciso.


Abaixo, dois vídeos que editei com meus (um tanto "rebeldes") haicais: O primeiro em português e o outro em alemão; imagens minhas em arte digital e música de fundo do grande compositor de rock e blues J.J. Cale, "A Thing Going On" (algo está acontecendo).


* Vale lembrar, apenas, que o vídeo foi ao ar antes do novo acordo ortográfico da língua portuguesa entrar em vigor. Portanto leia-se "voo" e não "vôo".




Post a Comment