30 Jun 2009

Diga-me, Paulo Ciranda!

O novo cineclipe “DIGA-ME”, do projeto Cinema Possível, foi gravado com imagens do Rio de Janeiro, a partir do poema escrito a 4 mãos pelo Ícaro e a Borboleta ( Byafra e Chris Herrmann ), com música e interpretação de Paulo Ciranda. Dirigido por Jiddu Saldanha - Junho de 2009.




Um pouco de Paulo Ciranda

Cantor, compositor e violonista, nasceu a 3 de novembro de 1956, em São Fidélis - RJ.

Estudou flauta transversa e teoria musical com Hector Costita – SP, 1977.

Ciranda é o cantor e compositor que faz escala nos ‘‘festivais de música popular’’ pelo interior do Brasil, com participações no programa ¨Som Brasil¨(TV Globo), Feira de Cultura (TV Cultura SP), trabalho de pesquisa musical para a minissérie ¨Zumbi dos Palmares¨(TVE-Rede Brasil). Tem gravações em parceria com Dalto, Byafra, Amelinha, Marcos Sabino, Artur Maia e Nilo Pinta. Seu primeiro disco “Terra à Vista” foi lançado em 92 pela Niterói Discos, onde se encontra a canção “Água Ardente”, sucesso na voz de Byafra em trilha de novela Global. Em 98, lançou o CD independente “Mata Atlântica”, onde se encontra a faixa “Brisa de Itaipú”, executada pelo Discovery Channel. Em 2001 lançou o CD “Bicho Grilo” com Marcos Sabino e Forró Bem-te-vi, onde se destaca o Xote “Forró em Lumiar”. Em 2005 lançou o CD ‘‘Amore, Amour, Love, Amor“, pelo seu próprio selo “Prema”, seguindo na temática da ecologia e dos valores humanos, com músicos do primeiro time, tais como: Arthur Maia, Nilo Pinta, Paulão Menezes, entre outros. Apresenta-se com o grupo de violão e voz, cantando suas composições e dando sua interpretação pessoal a canções de: Zeca Baleiro, Geraldo Azevedo, Cássia Eller, Adriana Calcanhoto, Zé Ramalho, Gilberto Gil, e outros mais. Em 2006 e 2007 lançou os CDs ‘‘Tudo de Bom‘‘ e ‘‘Forrozando‘‘.

Post a Comment