31 Dec 2006

O Gavião e a Borboleta - quem é a caça?




O Gavião e a Borboleta
- quem é a caça?

Lá vai a borboleta
na brisa leve da tarde,
colorindo dias cinzas
com seu vôo multicor.
Gracioso fremir de asas
beijando suavemente a flor.

Deus! a beleza existe,
ainda resiste
nos olhos do que vê!

_ Penso cá quietinho
no meu canto _
Quanto encanto
há nos jardins do mundo
esperando que alguém,
pelo menos
por um segundo,
venha por eles
borboletear!

Lá vai o Gavião-caçador
bonito e distraído..
Proclamando o amor
sem sentir e perceber
num simples voar...

Ah, capta a rapina,
sua sina no olhar
tão [des]atento
(será que invento?)
cores que ensinam
a abraçar o vento,
a burlar instintos,
suscitar doçuras
(loucura pura)
em sonho doador.

E a transfloramar
em vôo-livre
(apenas como
observador)
e sem dor
uma borboleta
_ontem lagarta_
na mais amada
e bela flor.

Borboleta passa
cheia de graça
_antes caça_
a florencantar
o caçador.


Paulo Ednilson
e
Chris Herrmann

^Chris-Borboleta^

))§((

Post a Comment