18 Dec 2006

Dueto: Chris Herrmann e Luiz de Aquino




DUSSELDORF

O espelho diz-me sorridente
Da poesia doce e veemente
Que tu trazes no peito
Refletindo-o direito
Tua face contente
Sob o céu quente
Saudade mente
Dor mente
Do seu
Dorf
Dor
D+
+


Chris Herrmann


.
.
ALÉM DO ESPELHO

Li além do espelho; não me iludiu
o reflexo, o reverso: e o poema
escrito no peito, era feio,
era torto e imperfeito.
Era eu o poema, era
meu o peito e era
eu quem mentia
e escondia
aonde ia
a luz,
o dia.



^Chris-Borboleta^
)
)§((
Post a Comment